Domingo
23 de Setembro de 2018 - 
Telefone: (21) 2524-4508
Telefone 24 horas: (21) 99627-5880
Fax: (21) 2569-8487
WhatsApp/Telegram: (21) 99627-5880
Endereço: Rua Barão de Mesquita, 133, sobrado, parte, Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, CEP ...
CASTRO MAGALHÃES SOCIEDADE INDIVIDUAL DE ADVOCACIA

Controle de Processos

Webmail

Newsletter

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro,...

Máx
30ºC
Min
21ºC
Parcialmente Nublado

Segunda-feira - Rio de...

Máx
31ºC
Min
23ºC
Parcialmente Nublado

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,07 4,07
EURO 4,78 4,78
LIBRA ES ... 5,32 5,32
GUARANI 0,00 0,00

Endereço

+55 (21) 2524-4508+55 (21) 2569-8487 FAX+55 (21) 99627-5880

Últimas notícias

TJSP instala Comissão de Edificação dos Gabinetes

Prédio será construído na Rua Conde de Sarzedas, 17. O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, iniciou hoje (6) nova e importante etapa para o Judiciário paulista, que sempre encontrou dificuldades na locação de imóveis para abrigar os gabinetes de trabalho de segundo grau, seja pelas dimensões que não atendem suas necessidades, seja pelos altos valores de alugueres destinados a essa finalidade. Na manhã desta terça-feira, no Gabinete da Presidência, foi realizada a primeira reunião da Comissão de Edificação dos Gabinetes, composta pelos desembargadores Cesar Ciampolini Neto (presidente), Alex Tadeu Monteiro Zilenovski, Edison Aparecido Brandão, Irineu Jorge Fava e José Maria Câmara Júnior e os juízes assessores da Presidência Leandro Galluzzi dos Santos (Gabinete Civil) e Maria Rita Rebello Pinho Dias (Tecnologia, Gestão e Contratos) e Regis de Castilho Barbosa Filho (diretor da 1ª Região Administrativa Judiciária). A instalação da comissão que cuidará de todos os assuntos relacionados ao planejamento e construção do imóvel, que abrigará a integralidade dos gabinetes, visa a buscar condições adequadas para suprir as necessidades de segundo grau, com a construção de um prédio na Rua Conde de Sarzedas, nº 17. Segundo o presidente, “a obra não fica pronta em uma ou duas gestões, mas temos que iniciar o processo que trará economicidade para o nosso Judiciário”. Além da questão econômica, o presidente Pereira Calças dedica atenção à atividade-fim. “A acomodação das unidades de trabalho de segundo grau em muito beneficiará a prestação do serviço jurisdicional.”
06/03/2018 (00:00)
Visitas no site:  175372
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.