Quarta-feira
26 de Setembro de 2018 - 
Telefone: (21) 2524-4508
Telefone 24 horas: (21) 99627-5880
Fax: (21) 2569-8487
WhatsApp/Telegram: (21) 99627-5880
Endereço: Rua Barão de Mesquita, 133, sobrado, parte, Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, CEP ...
CASTRO MAGALHÃES SOCIEDADE INDIVIDUAL DE ADVOCACIA

Controle de Processos

Webmail

Newsletter

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,06 4,06
EURO 4,78 4,78
LIBRA ES ... 5,33 5,33
GUARANI 0,00 0,00

Endereço

+55 (21) 2524-4508+55 (21) 2569-8487 FAX+55 (21) 99627-5880

Últimas notícias

Semana de Valorização da Primeira Infância debate boas práticas

Bernardo de Castro, Ivone Caetano, Glória Heloiza, Pedro Fernandes e Julia Siqueira As melhores práticas implantadas na rede de proteção de crianças e adolescentes e voltadas para a primeira infância foram debatidas na 2ª Semana de Valorização da Primeira Infância. Organizado pela 2ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso da Capital (Viji), o evento contou com a participação de representantes do poder público e de instituições que lidam diretamente com crianças e suas famílias como abrigos, maternidades assistentes sociais e psicólogos. Anfitriã da Semana, a juíza Glória Heloiza Lima da Silva ressaltou que todos os órgão públicos devem atuar conjuntamente para proteção das crianças e adolescentes. Ela contou que há dois anos, quando chegou à 2ª Viji havia um acervo com 4,5 mil processos. Atualmente, há aproximadamente 1,8 mil ações. “O Judiciário não pode atuar sozinho. A Justiça só é efetiva com a participação de todos os órgãos e a responsabilidade de todos no desempenho de suas funções e também como cidadãos, pais e mães. Precisamos otimizar o serviço e as medidas protetivas e reduzir as mazelas dessa população. Manter essas crianças, especialmente na primeira infância, no núcleo familiar, estruturado e saudável, é o melhor para elas”, afirmou a magistrada. Leia também: Juízes debatem na EMERJ corrupção e impunidade Juízes debatem na EMERJ corrupção e impunidade ‘Temos juízes que seriam exemplares em qualquer lugar do planeta’, diz Cármen Lúcia na AMAERJ A desembargadora Ivone Caetano, que atuou na 2ª Viji por 16 anos, lembrou que a primeira infância é principal a etapa de formação intelectual do ser humano. “Este é o período mais importante da vida da criança, quando ela forma o cérebro e são transmitidas as vivências dos antepassados. Se não houve os devidos cuidados, este ser humano tende a ter problemas. O cuidado com a primeira infância não é só para o grupo excluído, mas este grupo requer mais atenção”, avaliou. O defensor público Bernardo de Castro, recém-chegado à Vara, ressaltou que o primeiro contato de crianças e adolescentes com o poder público não pode ser traumático, em um momento de fragilidade familiar. “O Estado não pode surgir na vida desses jovens de forma punitiva, dura. O Estado tem que ser visto como acolhedor, como quem vai tirá-los da marginalidade e dar cidadania a eles. É essencial que eles possam nos encontrar e expor o que precisam para que possamos ajudá-los”, disse. De saída da 2ª Viji, a promotora Julia Miranda Siqueira também destacou a importância do trabalho integrado entre os órgãos e da proximidade com as famílias das crianças assistidas pelo judiciário. “Não dá para recuperar uma criança sem a família e todas as instituições ao redor. Precisamos cuidar das famílias para que todos progridam e para que as crianças tenham oportunidades e opções na vida”. Durante o encontro, foram compartilhadas persas ideias para melhoria dos serviços de acolhimento e proteção das crianças e suas famílias. O secretário municipal de Assistência Social e Direitos Humanos do Rio, Pedro Fernandes, recebeu sugestões para melhoria dos serviços oferecidos pela prefeitura, inclusive a ampliação de abrigos para famílias e irmãos, para evitar a separação dos entes. “É preciso que haja um percentual mínimo constitucional para a Assistência Social assim como há para Saúde e Educação. Só assim conseguiremos realizar trabalhos de longo prazo que tenham efeito na vida das pessoas”, argumentou. Juíza Glória Heloiza entrega documento com propostas para o secretário Pedro Fernandes
Visitas no site:  175892
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.