Sábado
17 de Fevereiro de 2018 - 
Telefone: (21) 2524-4508
Telefone 24 horas: (21) 99627-5880
Fax: (21) 2569-8487
WhatsApp/Telegram: (21) 99627-5880
Endereço: Rua Barão de Mesquita, 133, sobrado, parte, Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, CEP ...

Controle de Processos

Webmail

Newsletter

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro,...

Máx
33ºC
Min
23ºC
Possibilidade de Chu

Domingo - Rio de Janei...

Máx
34ºC
Min
22ºC
Pancadas de Chuva a

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,24 3,24
EURO 4,03 4,03
LIBRA ES ... 4,54 4,55
GUARANI 0,00 0,00

Últimas notícias

Publicitária é condenada a indenizar Dudu Nobre em R$ 25 mil

A juíza Ana Paula Pontes Cardoso, da 46ª Vara Cível do Rio, condenou a publicitária Larissa Lage a indenizar o cantor Dudu Nobre em R$ 25 mil por danos morais. Em 2016, a produtora usou as redes sociais para acusar o sambista, então candidato a vereador pelo PT do B, de não pagar pelos serviços prestados na campanha eleitoral. Ela, porém, não apresentou provas do contrato e, segundo a sentença, terá de pagar também outros R$ 15 mil a Wellington Gomes Batista, empresário do músico. As atividades de Larissa, segundo o que foi apurado no processo, consistiam em elaborar vídeos, organizar reuniões e a participação de Dudu Nobre em programas e tomadas externas, com o fim de pulgar sua proposta eleitoral. No entanto, ao longo do tempo, se desentendeu com o resto da equipe e acabou por se desligar da campanha, não chegando a trabalhar pelo período integral originalmente previsto. De acordo com a sentença, no lugar de socorrer-se da justiça para cobrar a pida da qual acreditava ser credora, a publicitária usou as redes sociais para pressionar os autores a efetuar o pagamento e proferiu ofensas pessoais contra o sambista e seu empresário. “Ou seja, no lugar de buscar seus direitos pelas vias judiciais, preferiu a ré realizar justiça com as próprias mãos, partindo para ofensas pessoais, denegrindo a imagem dos autores. Veja-se que as redes sociais possuem, hoje em dia, alcance inestimável, atingindo milhares de usuários, sendo certo que o dano causado aos autores tomou enormes proporções, principalmente em se tratando o primeiro autor de pessoa publica, bastante conhecida da população brasileira, por se tratar de musico famoso”, escreveu a juíza na decisão. Processo 0292092-49.2016.8.19.0001 AB
06/02/2018 (00:00)
Visitas no site:  128533
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.