Quinta-feira
13 de Dezembro de 2018 - 
Telefone: (21) 2524-4508
Telefone 24 horas: (21) 99627-5880
Fax: (21) 2569-8487
WhatsApp/Telegram: (21) 99627-5880
Endereço: Rua Barão de Mesquita, 133, sobrado, parte, Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, CEP ...
CASTRO MAGALHÃES SOCIEDADE INDIVIDUAL DE ADVOCACIA

Controle de Processos

Webmail

Newsletter

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro,...

Máx
36ºC
Min
23ºC
Parcialmente Nublado

Sexta-feira - Rio de J...

Máx
36ºC
Min
23ºC
Poss. de Panc. de Ch

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,86 3,86
EURO 4,39 4,39
LIBRA ES ... 4,88 4,88
GUARANI 0,00 0,00

Endereço

+55 (21) 2524-4508+55 (21) 2569-8487 FAX+55 (21) 99627-5880

Últimas notícias

Justiça condena seis réus da ‘Operação Mamão’

Acusados foram investigados por trafico de drogas em Rancharia. O juiz Vinicius Nunes Abbud, da Comarca de Racharia, condenou seis réus presos na “Operação Mamão”, deflagrada em 2016. As penas variam entre 11 e 18 anos de reclusão, todas em regime inicial fechado, pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Os réus foram denunciados e processados, porque, conforme narrado na denúncia, em 2016, realizavam trafico de entorpecentes na região de Rancharia. A operação teve inicio durante uma investigação de homicídio. O monitoramento de conversas telefônicas revelou “o intenso tráfico de drogas promovido” pelos réus. “A intenção do tráfico ilícito de drogas restou estreme de dúvida, em razão da expressiva quantidade da droga apreendida para esta pequena Comarca, forma de acondicionamento, igualmente, pelo local conhecido como ponto de venda de drogas, além da apreensão de uma faca com resquícios de entorpecente”, afirmou o juiz. “Mamão” é a alcunha do líder da quadrilha. Ao proferir a sentença, o magistrado cita os danos causados pela organização ao município, e o esforço das investigações: “De acordo com as interceptações, a organização criminosa foi responsável por distribuir enorme quantidade de entorpecentes nesta cidade. Além disso, as circunstâncias deste crime também são graves, eis que ficou configurada uma associação envolvendo seis imputáveis, com tarefas bem pidida entre os integrantes do grupo com o intuito de assegurar o sucesso na empreitada criminosa e dificultar a apuração do fato criminoso pela Polícia”. Cabe recurso da decisão.
08/03/2018 (00:00)
Visitas no site:  191174
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.