Sexta-feira
18 de Janeiro de 2019 - 
Telefone: (21) 2524-4508
Telefone 24 horas: (21) 99627-5880
Fax: (21) 4106-2842
WhatsApp/Telegram/SMS: (21) 99627-5880
Endereço: Rua Barão de Mesquita, 133, sobrado, parte, Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, CEP ...
CASTRO MAGALHÃES SOCIEDADE INDIVIDUAL DE ADVOCACIA

Controle de Processos

Webmail

Newsletter

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro,...

Máx
34ºC
Min
25ºC
Pancadas de Chuva a

Sábado - Rio de Janei...

Máx
36ºC
Min
25ºC
Parcialmente Nublado

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,76 3,76
EURO 4,28 4,28
LIBRA ES ... 4,85 4,85
GUARANI 0,00 0,00

Últimas notícias

Juízes recém-nomeados agilizam processos em mutirão no ES

Os juízes leigos, nomeados na quinta-feira (1/2) pelo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Sérgio Luiz Teixeira Gama, já foram convocados para começar a atuar. Na tarde desta sexta-feira (02), ocorreu no Salão Nobre do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) a primeira reunião de trabalho dos juízes leigos com o supervisor dos juizados especiais, fesembargador Fernando Estevam Bravin Ruy. Nesse encontro, o Supervisor explicou que todos vão começar a atuar a partir de segunda-feira, 5/2, auxiliando os Juízes de Direito nos Mutirões que terão início nos Juizados Especiais do Estado e, dessa forma, contribuindo para a atividade jurisdicional. O Desembargador ainda explicou os objetivos e o funcionamento desse mutirão, que vai até o mês de julho. “Trata-se de um mutirão que ataca as dificuldades de alguns juizados, que é o volume de processos que estão conclusos para sentença e o tempo que esses processos estão aguardando o julgamento. O objetivo é que em um prazo curto ou médio essas unidades tenham seus passivos reduzidos”, disse o desembargador.Diante da nomeação, o Supervisor dos Juizados Especiais, Desembargador Fernando Bravin, expressou seu contentamento: “A supervisão externa o maior agradecimento da conduta realizada pela presidência, no sentido de se dispor a nomear esses juízes leigos”. São 30 juízes leigos, sendo que 10 deles ficarão no interior e serão distribuídos para os núcleos que demonstram maior necessidade das atividades dessa categoria, e 20 ficarão na Capital, atuando no mutirão e trabalhando nos atos de minutas de sentenças.O Juiz Leigo é um profissional com característica de assessoramento ao Juiz de Direito, já que sua intelectualidade e formação jurídica são aproveitadas para a realização de pesquisas e elaboração de atos que ficam preparados para serem, ao final, balizados pelo magistrado responsável. Além disso, o profissional atua também em audiências e em atos comuns do processo.O II Processo Seletivo de Juiz Leigo do Estado teve início em 2015. No entanto, devido a situação fiscal do Tribunal de Justiça, a nomeação dos aprovados só aconteceu nesta quinta-feira (01/2). Essa questão foi levada, inclusive, para consulta junto ao Tribunal de Contas do Estado, que prestou os devidos esclarecimentos sobre a natureza da remuneração. A despesa com essa remuneração será proveniente da rubrica de custeio, portanto, não há impacto na folha de pagamento do Poder Judiciário e nem na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). A atividade do Juiz Leigo e a respectiva remuneração estão regulamentadas pelo CNJ, por meio da Resolução 174/2013. Antes da reunião com os novos Juízes Leigos, o Desembargador Fernando Bravin reuniu-se com os Juízes de Direito que vão atuar no mutirão.
05/02/2018 (00:00)
Visitas no site:  198080
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.