Quarta-feira
26 de Setembro de 2018 - 
Telefone: (21) 2524-4508
Telefone 24 horas: (21) 99627-5880
Fax: (21) 2569-8487
WhatsApp/Telegram: (21) 99627-5880
Endereço: Rua Barão de Mesquita, 133, sobrado, parte, Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, CEP ...
CASTRO MAGALHÃES SOCIEDADE INDIVIDUAL DE ADVOCACIA

Controle de Processos

Webmail

Newsletter

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,06 4,06
EURO 4,78 4,78
LIBRA ES ... 5,33 5,33
GUARANI 0,00 0,00

Endereço

+55 (21) 2524-4508+55 (21) 2569-8487 FAX+55 (21) 99627-5880

Últimas notícias

Corregedoria do CNJ também contará com a cooperação técnica da Justiça do Trabalho

Garantir a eficácia das inspeções com economia de recursos. Esse é o objetivo a ser alcançado pelo corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, por meio de parceria firmada, na tarde desta quarta-feira (12), com o corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Lelio Bentes Correia. A cooperação vai permitir o compartilhamento das informações provenientes das inspeções e correições realizadas pela Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho para uma atuação conjunta das duas instituições. De acordo com o documento, as informações servirão de fonte para a obtenção de dados pela Corregedoria Nacional de Justiça.  “É com muita satisfação e com olhos voltados para a eficiência do Poder Judiciário que celebramos hoje a assinatura deste termo de cooperação técnica com a Corregedoria-Geral da Justiça do trabalho”, disse o ministro Humberto Martins, ao destacar que a parceria, além de otimizar os serviços de inspeção e correição, também possibilitará grande redução de custos operacionais. Troca de informações Além do fornecimento de dados pela Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho, o termo também estabelece, entre outras ações, que os expedientes relativos a procedimentos disciplinares no âmbito do Judiciário trabalhista que derem entrada na Corregedoria Nacional de Justiça serão compartilhados com a Corregedoria trabalhista, assim como as iniciativas em desenvolvimento no âmbito da Corregedoria Nacional que envolvam a Justiça do Trabalho. Após a conclusão dos relatórios pela Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho, eles deverão ser submetidos ao ministro Humberto Martins em até 10 dias e, após a análise do corregedor nacional de Justiça, os relatórios serão submetidos ao plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Em seu pronunciamento, o ministro Lelio Bentes Correia agradeceu a “oportunidade institucional” de atuar na parceria que, segundo ele, se traduz em avanços para a economicidade, efetividade da Justiça brasileira, demonstrando, de forma clara, um “espírito de esforço conjunto para dar o melhor da nossa contribuição para uma Justiça célere, eficaz e comprometida com os interesses da sociedade”. Participaram da assinatura do termo de cooperação conselheiros do CNJ, juízes auxiliares e servidores da Corregedoria Nacional de Justiça de da Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho. Corregedoria Nacional de Justiça
12/09/2018 (00:00)
Visitas no site:  175887
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.